Orquestra Filarmônica de Goiás faz show de encerramento do Figo 2014

Texto: Déborah Gouthier

Entre as dezenas de atrações que embalam a segunda edição do Festival Internacional de Música em Goiás (Figo), a Orquestra Filarmônica de Goiás foi a eleita para encerrar com chave de ouro a programação, no domingo, dia 28 de setembro, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia.

Em 2014, a Orquestra estreou sua primeira turnê nacional, com cerca de 60 apresentações, que levam ao público algumas obras fundamentais do repertório sinfônico. Para a apresentação no Figo, está programada a participação especial do concertista Cláudio Cruz, violinista e maestro regente convidado, em um programa que inclui clássicos de Mozart e Beethoven. “Foi uma feliz convergência de agendas, pois estou certa de que vamos enriquecer o festival com a Orquestra, e a Orquestra também se enriquece dos valores do festival”, celebra Ana Elisa Santos, superintendente da Filarmônica de Goiás.

Fundada em 2012, a Orquestra Filarmônica de Goiás é composta por alguns dos músicos oriundos da antiga Orquestra de Câmara Goyazes, que teve diversas passagens e participações em importantes cidades e festivais de música de todo o país. Durante a turnê deste ano, eles puderam se apresentar com diferentes espetáculos e a participação de artistas de renome internacional no segmento erudito, como Arnaldo Cohen, José Feghalli e Aylton Escobar.

A superintendente do grupo explica que a música erudita tem a missão de refinar o conhecimento sobre as artes e oferecer uma experiência única ao público. Por causa disso, torna-se ainda mais interessante a participação da Filarmônica no encerramento do Figo 2014, um festival eclético e com espaço para a música clássica, como afirma Ana Elisa.

Apoio e Patrocínios

Sponsor #1