Músicos goianos levam danças folclóricas, jazz e percussão ao Figo 2014

Texto: Agatha Couto

A segunda noite do Festival Internacional de Música em Goiás (Figo), edição 2014, foi aberta pelo grupo popular goiano Caçada da Rainha de Colinas do Sul. Os integrantes da Caçada se dividiram entre o palco, tocando instrumentos populares como a onça e a viola caipira, e o chão, onde os participantes do grupo fizeram com danças típicas uma representação do ritual da Caçada da Rainha. Ao final, os participantes chamaram para dançar o público ainda tímido na Praça do Bambu, local dos shows na cidade.

Em seguida, subiu ao palco a banda Raizama Experimental, que nasceu nas garagens de Alto Paraíso. O show, com composições autorais, foi dedicado ao Cerrado, com imagens da Chapada dos Veadeiros sendo projetadas ao fundo. A banda envolveu o público com solos bem executados de guitarra e encerrou o show com a música Jazz na Varanda.

O Negróide, projeto solo do percursionista goiano Edilson Morais, levou ao Figo 2014 um show com uma mistura de eletrônico, percussão, ritmos africanos e harmonia. Ele apresentou composições próprias e interpretações das músicas O Curupira Pirou, de Lenine, Carlito Marron, de Carlinhos Brown, e Macunaíma, de Clara Nunes.

Apoio e Patrocínios

Sponsor #1