FIGO

O estado de Goiás ganhou em 2013 um importante reforço em sua programação cultural: o Festival Internacional de Música em Goiás (Figo). Trata-se de uma mostra de música com foco em erudito, jazz, blues e instrumental, abrindo espaço para cultura popular.

Realizado na primeira edição em Goiânia e Pirenópolis, o Figo se expande neste ano para mais um importante município goiano. Alto Paraíso, localizado na região da Chapada dos Veadeiros, será também palco do Figo 2014. Além de Pirenópolis e Alto Paraíso, o Figo 2014 ganha como sede a bela estrutura do Centro Cultural Oscar Niemeyer, levando atrações ao palco do Palácio da Música.

O Figo é realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), e tem como premissa fomentar a circulação e o intercâmbio de tecnologias entre artistas e grupos, além de produtores e jornalistas, e dar acesso às produções relativas a esse universo, formando público e escoando os produtos culturais.

O evento consolida-se como festival-vitrine para apresentações que mostram a força do estilo erudito de produção artística e reforça a vitalidade do pulsante intercâmbio entre grupos goianos e internacionais.

Nesta segunda edição, a programação traz 33 apresentações artísticas com entrada gratuita. Foram convidados artistas das cenas internacional e nacional e selecionados por meio de edital artistas do circuito regional goiano. A curadoria especializada e independente para seleção das 12 apresentações goianas foi composta pelo pianista, arranjador, produtor e curador Benjamim Taubkin; pelo músico, compositor, arranjador e produtor Bororó; pelo vocal, guitarrista, gaitista e compositor da banda Abluesados, Luciano Ninomia; e pelo professor da Universidade Federal de Goiás e doutor em Comunicação e Semiótica, Anselmo Guerra.

A edição 2014 do Figo é dedicada ao goiano Ricardo Leão, um dos músicos mais atuantes da cena musical brasileira. Residente há 27 anos no Rio de Janeiro, Ricardo Leão acumula vários prêmios e traz sua assinatura em cerca de 300 discos. Compõe trilhas sonoras para televisão, teatro e cinema e atua com produtor musical de programas televisivos, como Som Brasil. Já gravou sete discos na carreira solo.

O Figo já alcançou o mesmo sucesso que os grandes festivais produzidos pelo Governo de Goiás, como o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), o Canto da Primavera e a Mostra de Teatro Nacional de Porangatu (TeNpo). Foi abraçado pelo público goiano e se consolida como mais um evento que se transforma em momento de celebração da cultura no Estado.

Apoio e Patrocínios

Sponsor #1