Figo 2014 é aberto com apresentação de músicos goianos

Texto: Agatha Couto

A programação oficial do Festival Internacional de Música em Goiás (Figo), edição 2014, foi aberta nesta sexta-feira, 12, na cidade de Alto Paraíso, com a apresentação de músicos goianos e a presença de autoridades na solenidade oficial.

A primeira apresentação na Praça do Bambu, que recebe a programação na cidade, foi a da Camerata de Violões de Alto Paraíso em parceria com a Orquestras de Flautas Paulo de Tarso, grupos musicais da cidade. O público, que começava a chegar ao local, acompanhou com palmas a execução de músicas populares brasileiras como a folia Calix Beto, Anunciação, de Alceu Valença,  Asa Branca, de Luiz Gonaga, Jesus Cristo, de Roberto Carlos, e clássicas, como a 9ª Sinfonia de Beethoven.

Logo depois, o apresentador Juquinha deu início à solenidade oficial de abertura do festival, agradecendo à cidade a calorosa recepção e anunciando que a programação reúne dez atrações musicais em dois dias.

O prefeito de Alto Paraíso, Álan Barbosa, afirmou que a cidade está em festa com a oportunidade de realizar um sonho. “Alto Paraíso não apenas recebeu o Figo, como vestiu a camisa do evento”, disse o prefeito que, em seguida, agradeceu o empenho do Governo de Goiás e da equipe da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás) em levar o festival à cidade.

O secretário de Estado da Cultura, Aguinaldo Coelho, elogiou a comunidade local, que trabalhou muito para que o festival fosse realizado. Para ele, o público vai se surpreender com o alto nível dos músicos locais, nacionais e estrangeiros que tocam no festival. “Interiorizar as ações é permitir que mais pessoas tenham essa vivência“, disse o secretário sobre a realização do evento em Alto Paraíso.

Após a solenidade de abertura, a dupla instrumental goiana Duo Massai abriu a sequência de shows no palco principal da Praça. Com Ricardo Nunes no violão e Jorge Boavista na guitarra, o duo apresentou composições próprias e interpretações de músicas populares brasileiras como Fora Daqui, de Gilberto Gil, e Sina, de Djavan.

Apoio e Patrocínios

Sponsor #1